Proposta de reforma da Previdência exige mais 10 anos de contribuição

  Marcos Santos/USP Imagens   Governo aprovou uso do FGTS como garantia para crédito consignado Mudança torna mais difícil para trabalhador obter benefício integral

 

Compartilhar   Mais opções PUBLICIDADE  

Além de ter pelo menos 65 anos de idade, o brasileiro terá de contribuir com a Previdência Social pelo menos 25 anos para ter direito à aposentadoria se a proposta de reforma que o governo prepara for aprovada no Congresso.

Para ter direito ao benefício integral, o trabalhador precisará somar 45 ou 50 anos de contribuição —por meio de carteira assinada ou contribuição individual. Esse tempo ainda não foi definido.

As regras constam da proposta de emenda constitucional concluída pela equipe responsável pela reforma e ainda será encaminhada ao presidente Michel Temer, que prometeu enviá-la ao Congresso antes das eleições municipais, marcadas para o dia 2 de outubro.